• Wagner Soares de Lima

A vida precisa fazer sentido...

#propósito #EcologiaHumana #EcologiaMental #OrdensDaAjuda #Comunhão #Vida


Essa foto é forte: o menino da esquerda não pode andar, mas com a ajuda do menino da direita ele pode voar.

Nossos corpos físicos precisam de alimento e proteção contra intempéries do clima. Nossas mentes precisam de uma segurança contra ameaças, equilíbrio ao se deparar com variações das condições sociais e ambientais e liberdade para se desenvolver. Entre o psíquico e o espiritual há uma necessidade, que nunca cessa, de produção de sentido. A vida precisa fazer sentido.


Os seres humanos tem a consciência egoica desperta, outros animais não precisam ter um motivo para agir, eles simplesmente agem conforme os instintos lapidados por gerações. Conosco, não é simplesmente assim. Cada nova vida humana precisa encontrar em sua existência terrena um significado.


O consumo do entretenimento é um forte indício de que nos “nutrimos” de sentido. Brincar é considerada uma das expressões de produção de sentido anteriores à fala e ao pensamento racional. Precisamos brincar, no sentido de ser divertido, ser leve. E essa leveza, ao que tudo indica, só encontramos quando nos alinhamos a um propósito, que confere significado a sua vida.


Somos uma espécie gregária, com fortes vínculos sociais e afetivos, não vivemos isolados, também não costumamos está o tempo todo em manada ou cardume. Mas temos o nosso grupo, temos as nossas pessoas mais próximas. Não permita que a pressão cultural pós-moderna lhe leve ao isolamento. Nossos genes, nossa história, tudo o que é humano está carregado de valor de comunhão entre pessoas.


Não há nada melhor para seres sociais gregários viverem uns com os outros e, no caso particular do seres humanos, fazendo coisas para os outros. Pela lei da reciprocidade mútua, mais cedo ou mais tarde esse cuidado retornará para você. Não se deixe abater por pessoas que sugam e não retribuem, mude o como agir para com elas, mas não deixe de produzir o valioso sentido de vida, se não você, simplesmente, vai morrer. Não se deixe morrer em vida pela frieza das instituições, nem todas elas tem o mesmo "DNA" vivo e pulsante do que é ser humano. Elas costumam ser artificiais e exigem seu esforço para produção de resultado que não tem sentido genuíno para você.


Se já está cansado de caminhar e o peso das pedras e tropeços não te permitem mais correr, então voe!

Se você disser não sei o que fazer (e pensar) que possa produzir significado para minha vida falida e estagnada. Eu lhe diria: há outras formas de buscar sentido, por exemplo, na introspecção para dentro de sua alma, por meio da meditação e o extravasamento disso em expressão artística. Você pode meditar ou fazer arte.


Mas quer uma dica? Experimente pensar: o que posso fazer para ajudar alguém hoje? De forma humilde e apenas para aquelas pessoas que queiram. É chato e danoso forçar ajuda. Como você pode ver, ajudar traz tanto ou mais benefícios para quem faz a ação. Por isso ela não pode ser forçada. E lembre-se, tudo isso é pela necessidade psicológica, social e espiritual de está junto em comunhão. É sociabilidade profunda e não ação midiática. Como assim!? Vou explicar usando o status do meu filho João Pedro no Whatsapp: "Você não precisa fazer o que não quiser. Ninguém veio aqui pra te aplaudir". Essas são os primeiros versos de um reggae da banda Lagum.


Você não veio fazer sucesso, você veio fazer sentido.

Quando surgir um problema no qual você possa ajudar a resolver, contente-se por isso, é uma nova oportunidade de produzir sentido de vida para você mesmo.


Wagner Soares de Lima @wagner.soaresdelima

0 visualização

©  2019 por Zoe Integrativa  | www.zoeintegrativa.com

Terapias Integrativas e Constelação Familiar

Tel: (81) 9.8422-2319

  • Facebook
  • Instagram

Recife, Pernambuco, Brasil